Avalon High, Meg Cabot

1 de agosto de 2012

Título: Avalon High
Autor: Meg Cabot
Editora: Record
Número de páginas: 350


Avalon High pode não ser exatamente o lugar onde Ellie gostaria de estudar, mas até que não é tão ruim assim. Uma escola americana normal, freqüentada pelos mesmos tipos de sempre: Lance, o esportista; Jennifer, a animadora de torcida; e Will, o presidente da turma, jogador talentoso, bom moço... e muito charmoso!
Mas nem todos em Avalon High são o que parecem ser... nem mesmo Ellie, como ela logo vai descobrir. Depois de um esbarrão durante uma corrida no parque, os destinos de Ellie e Will parecem estar irremediavelmente entrelaçados.
Ela começa a notar uma série de estranhas coincidências entre o seu cotidiano e a lenda do Rei Arthur – nomes similares, triângulos amorosos, sociedades secretas – mas qual seria seu verdadeiro papel nessa história? Como em Camelot, estariam seus novos amigos fadados a um trágico destino? E pior, o que ela pode fazer para impedir que uma profecia milenar se cumpra mais uma vez?



Já falei várias vezes que adoro os livros da Meg Cabot e Avalon High faz parte dos livros que eu sentia vontade de ler há muito tempo.
Eu já deveria ter desconfiado que após perder as contas da quantidade de vezes que comecei a ler Avalon High e nunca chegava nem na metade, pois esquecia dele, não significava boa coisa.

Estou chateada, pois gostei da história, mas realmente não foi tão boa quanto eu achei que seria. Eu realmente espero que seja apenas uma fase, mas ultimamente eu fico brava ou apenas não vejo nada demais em livros onde tudo dá certo no final. É claro que eu adoro um final feliz, romântico, juro, mas também adoro quando as coisas acabam de um jeito diferente do que eu esperava ou desejava ou então quando é um final surpreendente.
Tudo bem que estou falando de um livro da Meg Cabot e me baseando apenas aos que eu já li, todos acabam bem, mas acho que o que realmente me incomodou não foi por tudo ter dado certo. Não gostei do final pois ainda estou com a sensação de "Uia, já acabou?"; "Só isso?", o que é uma pena.

Outra coisa que me decepcionou foram os próprios personagens. Não esperava muito da Ellie, pois não é raro eu me irritar com as mulheres dos livros. Deixando de lado as mil vezes em que ela disse "Sou muito prática e não acredito nessas coisas e blá blá blá", até que gostei dela, mas o Will foi uma tremenda decepção. Gente, ele tinha uma comunidade exclusiva no orkut e todo mundo falava muito bem dele, então é óbvio que acreditei que ele era O personagem, sabe? Gostei mais do cachorro do que dele.
Não sei o que anda acontecendo comigo, mas os personagens tipicamente lindos, ricos, populares, fofos e que namoram a popular do colégio não tem mais me arrancado suspiros. Ouvi mil maravilhas a respeito do St. Clair de Anna e o beijo francês e pelo jeito sou a única que não gostou e não viu nada demais nele.
Não é que a história seja ruim, mas a verdade é que eu esperava muito do livro, só ouvi elogios em relação a ele nos últimos anos e como adoro os livros da Meg Cabot, eu tinha uma expectativa muito grande. Estou até me sentindo mal por dizer isso, pois ainda acho que vale a pena ler o livro, é legal a ligação com os nomes da lenda do Rei Arthur com Avalon High e não vou mentir, cheguei a me surpreender em um determinado momento, mas né, sejamos realistas: pagar quase R$50? Não acho que valha tudo isso.



Outras capas





Além do livro há uma continuação em mangá, sendo 3 volumes. Preciso dizer que no Brasil ainda não lançaram todos?





E como adoram estragar o máximo possível de livros, fizeram um filme baseado no livro, mas foi só o nome mesmo. Na verdade eu nem posso falar muito sobre isso, assisti apenas o começo do filme há um bom tempo e acabei desistindo, pois realmente queria ler o livro primeiro, mas pelo que li no filmow, as histórias são completamente diferentes e conseguiram acabar com a história do livro.
Caso queiram assistir ao trailer:




27 comentários:

  1. Raquel eu te entendo totalmente, já passei por essa fase também.
    Como você disse, eu também adoro finais felizes, mais chegou uma hora que eu cansei. Queria livros mais realistas, que falassem de sentimentos que eu tenho, sinto, pelas alegrias e sofrimentos que eu passo, já passei ou vou passar.
    Eu ainda amo histórias com finais felizes, e histórias sobrenaturais, mais a vezes eu gosto de ler livros que fogem um pouco disso.
    Por exemplo, John Green, Sarah Dessen, Maureen Johnson, pelo que eu já li e já ouvi falar sobre tem histórias assim, posso dizer, realistas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esse livro da Meg
    Mas já vou colocar na minha lista, pois os livros dela são maravilhosos
    Amei a resenha

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro da Meg, maaaas, também nunca li nada dela, então não conheço os livros.
    Tipo olhando pela capa em sim, o livro ou melhor a série não me agradou. Eu não leria não.
    Mas tomara que seja só uma fase mesmo :)
    Beijos
    Bruna

    ResponderExcluir
  4. Oi,

    já li o livro e amei. Mas também não gostei do filme! Eles deixaram a história muito tosca!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei de Avalon High, mas não muito. O principal defeito da Meg é fazer personagens pé-no-saco em livros cuja premissa é genial, e com esse não é diferente. Sério, para o bem do YA/Chick-lit, essa mulher precisa aprender a estruturar personagens! A Ellie, por exemplo, fala o tempo todo que é prática, quando, na verdade, não mostra isso em suas atitudes...

    ResponderExcluir
  6. Oi! Gostei do post :D Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente, o que não faltam é livros que tinham tudo para serem bons, mas no final não surpreendem, querendo ou não acho que hoje em dia, tem que achar um meio termo, nem fazer um livro clichê demais nem um livro trágico demais.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Raquel!
    Não conhecia esse livro da Meg, mas pelo que pude perceber acho que também não iria gostar muito desse livro. Parece uma história bem superficial, não faz muito meu tipo. Eu gosto da Meg, mas não são todos os livros dela que me encantam. ;)
    Beijos.

    Rafa{Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro Meg Cabot, mas o que você disse no fim da resenha é verdade: pagar R$50 por um livro que vai apenas nos divertir não vale a pena. Espero que essa fase de não gostar dos personagens fofos e etc etc seja mesmo só uma fase, e que passe logo. Que pena que você não gostou de St Clair. Voltando à Meg Cabot, eu considero os livros dela mais pra diversão mesmo, porque é basicamente o que eles são. Só não gosto quando eles acabam repentinamente, como esse. Ótima resenha, parabéns!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Ei Rá!

    Já ouvi muitas pessoas dizendo que este é um livro da Meg que pode-se dizer que "não é essa Coca-Cola toda", rs. Não tneho vontade de ler porque a história não me atrai muito, e não quero ter uma má impressão de mais um livro da Meg (como aconteceu com O Diário da Princesa). Talvez estes sejam livros que meninas mais novinhas (falou a criança aqui HUSUHA) gostem mais do que nós.
    Eu trocaria o livro pelo filme, se os dois fossem ao menos parecidos. Mas como você disse que não tem nada a ver, vou passar a vez de conhecer essa história, rs.

    Ei, fiz um link-me, está na coluna lateral lá do blog! *-*

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Não conhecia esse livro dela, mas fiquei encantada pela capa. Não sei se leria, confesso. Tenho uma coisa pelos livros da Meg... nunca consegui ler um por inteiro. :\ Mas quem sabe...
    Gostei muito da resenha. :)

    PS: Te indiquei para um meme, mas se não quiser realiza-lo não há problema algum. É apenas uma forma simbólica do carinho que tenho para com o blog. Sinta-se a vontade e devidamente avisada (http://universoliterario.blogspot.com.br/2012/08/selo-seu-blog-e-divo.html).

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Posso lhe dizer que é apenas uma faze. Já passei por isso. Nunca li Avalon High, mas queria muito ler. Vou ser sincera que a sua me desanimou, mas vou ler assim mesmo. Meg Cabot é clichê quando o assunto é livros. Assim mesmo são bons.
    Xxx

    ResponderExcluir
  13. Tenho muita vontade de ler algum livro da Meg Cabot, só vejo elogios aos livros dela. Esse livro parece ser bem teen mais tem uma historia interessante, se tiver oportunidade lerei.

    Beijos :)
    ummundodecomentarios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Acho que é a segunda resenha que vejo dizendo que se decepcionou com esse livro... eu nem tive vontade de ler. Gosto muito da Meg, mas não tanto quanto gostava quando era mais nova. Talvez tenha mais sorte com os livros adultos dela.

    ResponderExcluir
  15. Hey
    Adoro quando você resenha Meg <3
    Putz não sei o que a Disney faz.. que sempre consegue convencer a Meg de vender os direitos dos livros dela pra eles.. sempre sai 'cagada'
    anyway
    Esse ainda não li. Também olhei os comentários do filmow HAHAHA
    Por isso gosto de assistir antes de ler.

    beijos e bom domingo
    Nana - Obssesion Valley

    ResponderExcluir
  16. Oi Raquel!
    Então, eu também estou um pouco saturada dos livros da Meg Cabot. Na verdade, a única série dela que eu gosto pra valer é A Mediadora. Comecei a ler Avalon Hight e abandonei o livro, achei extremamente chato! E quanto a estragarem a história no filme já não é novidade, né? É só ver o que fizeram com O Diário da Princesa que a gente já pode ter uma boa ideia do estrago. =/
    Jura que você não gostou do St. Clair?!? Eu achei ele tão fofinho!rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Que engraçado, legal e bom que tenhamos nos interessado pelos mesmos livros, isso mostra que temos um gosto parecido. Você disse que está lendo 50 tons de cinza, mas tá gostando? Tem motivo pra todo mundo estar falando dele? Também me falta tempo e dinheiro, ai se eu tivesse!

    Foi muito bom ler a sua resenha, eu ficaria muito irritada de pagar 50 reais num livro e não gostar. Acho que é por ter esse medo que eu não compro livros nesse preço. Eu também estava numa fase em que eu não tava curtindo os finais felizes, mas ai eu me saturei de finais infelizes e de chorar, então agora eu estou no meio termo.
    Achei ridículo o tal personagem ter uma comunidade no orkut, fim da picada! Até eu sem ler a história gostei mais do cachorro do que do carinha.
    Enfim, despertou minha curiosidade porque faz um paralelo com Camelot, talvez eu baixe na internet pra ler.
    Bjos

    www.comchocolatequente.blospot.com

    ResponderExcluir
  18. Ai ai ai Meg Cabot, preciso começar a ler livros dela logo, porque sei o quão boa ela é só vendo todos os elogios nos blogs literários. Pela sua resenha, vejo que este livro não é uma das melhores obras da autora, por isso vou começar pelos outros livros. UAHSUUASUHAUHS

    Ah, quanto a resenha do Hitler, é sadomasoquista mesmo, sadomasoquista é quando ser maltratado por mulheres o traz prazer mas masoquismo é quando a pessoa gosta de ser maltratada por outros.

    Beijinhos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  19. Ei Rá!

    Segue meu e-mail: le_iauch@hotmail.com ;D

    Bjoos'

    ResponderExcluir
  20. Eu também sou apaixonada pelos livros da Meg, mas não dá para dizer que todos eles são ótimos né, até porque alguns parecem para garotas mais novinhas, coisas que eu, pelo menos, não curto mais.
    Mesmo assim, não tem como não querer ler todos os livros dela, né?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  21. Li esse livro há mais de três anos e na época eu adorei. Não sei se gostaria tanto caso lesse hoje, mas acredito que sim, hahaha
    Gosto muito dos livros da Meg e acho que Avalon High foi o que se diferenciou dos outros quanto ao tema e tudo o mais... Gosto muito de finais felizes, mas o que marcam mesmo são aqueles que nos arrancam as lágrimas! =P
    Gostei da sua resenha. Essa série/filme está pra ser adaptada pela Disney há séculos. Já foi lançada? Nunca vi nada a respeito além do trailer, rs
    Você já leu "Quando Cai o Raio" da Meg? Li há alguns dias e bom, posso dizer que ele não acaba totalmente com final feliz. Dá vontade de ler a continuação, hahaha Leia! ^^

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Seu blog é muito fofo. Gostei. Já estou seguindo.
    Nunca li nenhum livro da Cabot, mas morro de vontade.
    Entendo você quando diz que está cansada desses personagens perfeitos. Tem hora que me irrito. Até parece que tudo na vida é perfeito assim.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. ADORO!!!!!

    http://estilohedonico.blogspot.com.es/

    xoxo

    ResponderExcluir
  24. Puxa! Eu também gostava dos livros da Meg Cabot, mas ultimamente também tenho achado difícil curtir um livro. Talvez isso signifique que eu cresci rs, e que essas coisas estilo high school não me atraem mais. Uma pena, porque são livros ótimos de ler. Talvez eu ainda leia avalon high, só por causa da relação com a lenda do rei arthur ^^
    Seu blog é muito fofo :)
    beijinhos
    semacordes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi, Raquel!
    Tenho vontade de ler esse livro pelo simples fato de ser da Meg. Até hoje não li nenhum livro dela e quero completar minha coleção haha.
    Uma pena você não ter gostado do livro e o preço também não é muito gatinho mesmo, por isso não compro muitos livros da Meg, acho um absurdo e acabo comprando outro livro mais barato.
    Então, quanto ao filme... Tava jurando que esse filme era baseado no livro, mas pelo que você falou, só se basearam no nome haha.

    Beijos,
    Bianca - www.epilogosefinais.co.cc

    ResponderExcluir
  26. Puft, sério? Que brochante! E logo a Meg, hein. Eu nunca tive muita vontade de ler Avalon High, apesar de adorar a lenda do Rei Arthur e tal, mas quando li a sinopse achei a ligação meio bizarra.

    Raquel, também não gosto de finais em que tudo dá certo no final. Sou meio carrasca, gosto daqueles finais meio trágicos, não a ponto de me fazer odiar o livro, claro haha

    Acho a Meg super versátil, não me decepcionei com nenhum livro dela, só que nenhum autor é mesmo perfeito, e uma hora outra a gente pega um livro do autor favorito e se decepciona, tá, pode até ser normal, mas odeio isso! #revolts kk

    ResponderExcluir
  27. Gosto muito dos livros da Meg, e tá aí um que nunca li, não por falta de vontade, mas mais de oportunidade mesmo sabe? E sua resenha também não me empolgou mt, então acho que prefiro não ler para não me decepcionar kkk, você já leu "Ela foi até o fim"? eu adorei a história e teve um diferencial banaca comparado a alguns outros livros dela. Dica: Se quer ler um livro para se impressionar com o final leia Harlan Coben, se é que nunca leu haha :**

    ResponderExcluir

Postar um comentário